Futuro: Três formas para lidar com ele – precisão, resistência e negação…

Futuro: Três formas para lidar com ele – precisão, resistência e negação…
09 mar 2018

Futuro: a maioria dos empreendimentos que participamos em longo prazo tem uma generosa abundância de recompensas. Participar do jogo é uma forma de ganhar o jogo

Futuro: precisão é a forma mais recompensadora de lidar com o que vai acontecer amanhã – se você predizer corretamente. A precisão recompensa àqueles que colocam todas as suas apostas em um possível futuro. A questão é que, para ser preciso, é necessário um investimento significativo de tempo e dinheiro ou informações privilegiadas (ou sorte, mas isso é uma coisa completamente diferente).

Você deve ter uma razão para acreditar que você tem melhores informações do que o resto do mundo. Se não, é difícil ficar confiante de que você fará uma aposta inteligente.

A negação, é claro, é a estratégia de assumir que o futuro vai ser igual ao presente.

Se você entra em uma competição onde o ganhador leva todo o prêmio, precisão é geralmente a única jogada racional. Considere uma corrida de ski cross country¹.  500 pessoas estão participando e tudo o que importa é o primeiro lugar. Sendo assim, você e sua equipe de apoio têm que fazer uma aposta muito específica. Esta aposta é de como o tempo vai ficar, enquanto você encera seus skis.

Escolhas

Escolher uma cera para uso em geral é uma estratégia de resiliência, mas você vai perder para o time que teve sorte ou foi esperto o suficiente ao escolher precisamente a cera certa para a determinada temperatura. 

É claro, e isso é uma grande explicação – que a maioria das competições não é do tipo que o ganhador leva todo o prêmio. A maioria dos empreendimentos que participamos em longo prazo tem uma generosa abundância de recompensas. Participar do jogo é uma forma de ganhar o jogo. Nessas competições, nós ganhamos por sermos resistentes.

Infelizmente, em parte, devido ao nosso medo de perder, assim como a mitificação de que o vencedor leva tudo, nós geralmente cometemos dois erros. O primeiro é em exagerar nosso foco na precisão, em adivinhar corretamente, em apostar tudo na resposta “certa”. Nós subvalorizamos quão poderosa a resistência em longo prazo pode ser no futuro.

E o segundo erro é ficar tão sobrecarregado por todas as escolhas e todos os riscos aparentes que, em vez de escolher o poderoso caminho da resistência, escolhemos não jogar. Negação raramente compensa.

¹: Ski cross-country é o mais antigo tipo de esqui. Ele nasceu da necessidade de viajar por terrenos totalmente cobertos de neve e se desenvolveu como esporte no final do século XIX.

Texto: Seth Godin

Share

Lucas Matos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *